Quando o adolescente entra em conflito com a lei

O artigo mostra como a escolha das palavras ao se referir a um jovem que entra em conflito com a lei, pode fazer toda a diferença na hora de comunicar. Ao optar por imputar uma infração – e não um crime – a um menor de idade, espera-se resgatar o potencial desse indivíduo em formação, garantindo uma oportunidade de trilhar outro caminho – sem impor rótulos difíceis de remover, perpetuando o ciclo de miséria e violência que a sociedade precisa romper.

Leia na íntegra!

“A legislação brasileira estabelece uma diferença nítida entre adultos e crianças e adolescentes pois sabe-se que a infância e a adolescência são etapas fundamentais de formação em vários aspectos, inclusive de valores e práticas sociais.” Foto: Unsplash.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *