Comunicação no terceiro setor

O contexto atual ampliou a necessidade de uma comunicação que dialoga com quem está “fora da bolha”. Porém, ainda que seja um questionamento contemporâneo, já não é de hoje que o terceiro setor mostra essa preocupação. Sabendo disso, a Fundação Tide Setúbal apresenta o seguinte artigo, que propõem refletir um pouco mais sobre o assunto, a partir de um olhar que destaca a importância do território.

 

Clique aqui e acesse!

 

“Os territórios são plurais, as periferias são plurais. Entender quais são os melhores canais e qual é a linguagem que consegue provocar o interesse de moradores depende de uma escuta aberta e também de um fazer com.” Foto: Flickr

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *