A Brilliant Way of Living Our Lives: How to Talk About Human Rights

No breve relatório  lançado em 2018, Anat Schenker-Osorio analisa por que certas mensagens ressoam onde outras falham no setor de direitos humanos na Austrália, no Reino Unido e nos Estados Unidos, e dá dicas práticas sobre como reescrever nossas mensagens. Disponível em inglês.

“Falar de direitos humanos como objetos que “temos” esconde as decisões diárias das pessoas no poder que afetam o nosso exercício desses direitos. Descrever os direitos humanos como ações nos ajuda a indicar que devemos fazer escolhas constantemente e agir para manter e expandir direitos”.

ACESSE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *